produto

ASE 2000

By 15 de março de 2015 No Comments

Analisador de Protocolos de Comunicação

ASE 2000 - 1

O ASE2000 é um analisador de protocolo de comunicação frequentemente utilizada no mundo para fabricantes de RTU e IED, concessionárias de energia elétrica, e vendedores de sistema SCADA.

A versão 2 é a mais nova atualização do software, primeiramente lançado em 1989.

Suporta os protocolos DNP3 serial, DNP3 WAN/LAN, IEC 60870-5-101, IEC 60870-5-104, Modbus Serial (RTU e ASCII), Modbus Network (TCP), entre outros.

É um sistema de teste com todos os recursos de teste que fornece ao usuário uma poderosa e flexível ferramenta para diagnóstico e manutenção dos equipamentos RTU SCADA e IED SCADA, realizando a análise de seus problemas.

Interface do Usuário

A interface com o usuário é através de menus, de acordo com o padrão Windows. Telas de configuração permitem ao usuário definir informações específicas da sessão de teste e informações preferenciais. Para uma operação rápida e fácil, são fornecidos valores padrão para a maioria das operações de teste, que são suficientes e exclui a necessidade de configurações iniciais complexas.

Para testes con condições especiais, um conjunto de configurações intuitivo e fácil de utilizar é fornecido, podendo ser salvo para utilização posterior. Vários usuários determinam uma biblioteca com diferentes configurações de teste, eliminando a necessidade de reconfiguração futura.

Opções de Visualização

As telas de visualização fornecem dados dinâmicos durante o monitoramento e modo de simulação. Os usuários não são limitados na visualização em apenas 1 formato de mensagem, o que pode ser mostrado no Mdo Interpretativo (em Inglês, exibindo as várias mensagens e seus valores), ou no Modo de Dados Brutos (mostrando apenas os dados numéricos das mensagens), ou uma composição dos dois modos.

A visualização de Monitoramento mostra a linha de dados de comunicação em dados brutos e interpretativos. Clicando em um lado da mensagem (dados brutos), é mostrado o correspondente do outro (interpretativo).

Ainda, a visualização dos valores no ponto selecionado mostra os nomes, valores (bruto e escalonado), códigos de qualidade, e tempos.

Modos de Operação

O software ASE 2000, versão 2, pode operar em 2 modos: Task Mode e Exchange Mode.

O modo de operação Task fornece uma simples e fácil interface para funções comumente utilizadas nos testes, as quais não requerem um conhecimento detalhado do protocolo. Apresenta uma tarefa de interface orientada para as funcionalidades selecionadas do analisador. O usuário deve configurar o equipamento (RTU, IRD, PLC, etc) em termos de tipo de ponto e contadores e a configuração do equipamento é utilizada no modo Task para automaticamente configurar a mensagem do protocolo apropriada para a tarefa desejada. Pode-se utilizar o software no modo Master Simulation, fornecendo ao usuário um conjunto de tarefas aplicáveis ao protocolo e sua ativação executa a construção da mensagem e seu envio, ou no modo RTU Simulation, permitindo a entrada dos valores na tabela de pontos sendo transmitidos no próximo escaneamento com estampas de tempo apropriadas. Já no modo monitoramento, a comunicação entre o mestre e os RTUs / IEDs são monitorados e dados em ambas as direções são mostrados.

O modo de operação Exchange é baseado na seleção e configuração de uma ou mais mensagens de protocolos ou trocas. O usuário seleciona uma ou mais mensagens, as edita como necessidade de configuração do ponto de um determinado equipamento, e habilita a comunicação para o modo funcional apropriado: Monitor, Master ou RTU. Alguns conhecimentos detalhados do protocolo pode ser requerido para a preparação da mensagem. O conteúdo de toda a mensagem deve ser configurada antes e o conteúdo da mensagem não pode ser editado uma vez que a comunicação foi iniciada.

Opções de Hardware

ASE 2000 - 2

O analisador de protocolo ASE 2000 é disponibilizado em vários modelos que diferem apenas no hardware de comunicação, utilizando-se do mesmo software.

O ASE2000-USB-RS suporta todos os protocolos serial sincronos, assincronos, e protocolos de rede. Os protocolos seriais utilizam a interface BCOM-USB, com 2 canais serial e comunicação USB com o computador. Já os protocolos de rede utilizam a placa de rede do computador para sua análise.

Já o ASE2000-USB-M inclui, além do ASE2000-USB-RS, o modem dual-channel BELL-202, que é alimentado pelo BCOM-USB.

O ASE2000-COM utiliza a porta de comunicação serial padrão do computador, e suporta os protocolos assincronos e de rede (utilizando a placa de rede do computador).

Características Principais

  • Caracteríticas Gerais: Janela gráfica, com menus incorporados com navegação pelo mouse ou teclado, visualização de configuração com interface comum ao usuário, independente do protocolo, visualização de dados customizável, salvamento das configurações do usuário, mecanismo de ajuda completo, suporta Windows de 32 bits e 64 bits
  • Modo monitoramento: Visualização das mensagens em tempo real, com estampa de tempo, visualização de dados brutos ou interpretados, opções de filtros de visualização, trigger por evento, armazenamento de mensagens para posterior reenvio, estatísticas de comunicação (quantidade de mensagens, erros, etc.)
  • Modo Master: Requesição de controle de dados de um ou mais dispositivos, cenários de teste pré-definidos pela ASE, cenários de teste definidos pelo usuário
  • Modo RTU: Respostas ao master de multiplos dispositivos configurados pelo usuário, modelagem do ponto de dados para atividades de troca de dados
  • Características Avançadas: Log de erros de comunicação configurável pelo usuário, exceções do limite de valores analógicos, mudanças de pontos digitais, seleção de tipos de mensagens (controle supervisório), trigger por eventos, medição do tempo de resposta da RTU, controle de baixo nível das estruturas de mensagens, erros de segurança, tempos de mensagens, e outros para customização, gerador de erros de comunicação para testes de detecção de erros
  • Ações avançadas DNP3: Scripts de teste de certificação, suporte à autenticação segura, procedimentos automáticos de transferência de arquivos.

Protocolos Suportados

ASE 2000 - protocolos suportados